Se algum link não abrir me avise, obrigada.

RECEBAS AS NOVIDADES POR E-MAIL

Seguidores

PARCERIAS


POR FAVOR, NÃO PEÇA PARA COLOCAR SEU BLOG NA MINHA LISTA DE FAVORITOS SE NÃO ESTA DISPOSTO A FAZER O MESMO. CASO COLOQUE ALGUM LINK AUTOMATICAMENTE ESTAREI EXCLUINDO, CASO QUEIRA ALGUM TIPO DE PARCERIA ENTRE EM CONTATO. OBRIGADA.

PASTA SKYDRIVE

PASTA SKYDRIVE
DOWNLOAD

CONSERTANDO LINKS

Olá!!!


Estou consertando os links, tive que comprar outro notebook sendo assim alguns arquivos perdi e não encontro na internet. Conforme vou colocando o link válido eu escrevo na postagem, então peço para quem tiver entrar em contato e compartilhar. Caso perceba que o download não funciona deixe recado e estarei consertando o mais breve possível.


Beijos.

E-MAIL

E-MAIL
simplesmenteromances@outlook.com

quarta-feira, 11 de maio de 2011

O REI DE FERRO

Sinopse
—Vamos! — Eu gritei, puxando meu braço livre e tentando agarrar os olhos do príncipe. —Meu irmão está lá fora! Tenho que salva-lo!


—Você nem sequer sabe onde ele está. — Ash agarrou meu pulso livre e o prendeu em seu peito. Olhos prateados brilharam dentro dos meus enquanto ele me sacudia apenas uma vez. —Me escute! Se você for até lá atacar sem um plano, você matará a todos nós, e seu irmão morrerá. É isso o que você quer?

—Não. — Eu sussurrei, toda a luta estava fora do meu alcance. Com a respiração fraca, olhei pra ele e enxuguei meus olhos. —Desculpe.— Disse sem jeito. —Estou bem agora. Não vou surtar mais, prometo.

Ash ainda segurava minha mão. Gentilmente, eu tentei solta-la, mas ele não deixou. Eu olhei pra cima e vi seu rosto a centímetros do meu. Meu coração deu uma parada, então ele começou mais alto e mais rápido que antes. O príncipe estava sem expressão, seu rosto ou seus olhos nada demonstravam, mas seu corpo sim.

Passei a língua pelos meus lábios e sussurrei: —É agora que você diz que vai me matar?

Um canto de seu lábio se enrugou. —Se você quiser.— Ele murmurou. Uma chama de satisfação passou pelo seu rosto. —Embora isso seja muito mais interessante, do que mata-la.

Nenhum comentário:

Postar um comentário