Se algum link não abrir me avise, obrigada.

RECEBAS AS NOVIDADES POR E-MAIL

Seguidores

PARCERIAS


POR FAVOR, NÃO PEÇA PARA COLOCAR SEU BLOG NA MINHA LISTA DE FAVORITOS SE NÃO ESTA DISPOSTO A FAZER O MESMO. CASO COLOQUE ALGUM LINK AUTOMATICAMENTE ESTAREI EXCLUINDO, CASO QUEIRA ALGUM TIPO DE PARCERIA ENTRE EM CONTATO. OBRIGADA.

PASTA SKYDRIVE

PASTA SKYDRIVE
DOWNLOAD

CONSERTANDO LINKS

Olá!!!


Estou consertando os links, tive que comprar outro notebook sendo assim alguns arquivos perdi e não encontro na internet. Conforme vou colocando o link válido eu escrevo na postagem, então peço para quem tiver entrar em contato e compartilhar. Caso perceba que o download não funciona deixe recado e estarei consertando o mais breve possível.


Beijos.

E-MAIL

E-MAIL
simplesmenteromances@outlook.com

segunda-feira, 18 de julho de 2011

As Crônicas de Annwyn - VELVET HAVEN

O primeiro livro de uma nova série sobre um mundo de mutantes, da autora Sophie Renwick

Escondido dos mortais para toda a eternidade, Annwyn, o Outro Mundo, é o lar de mutantes, fantasmas e dragões. Na fronteira com o reino mortal está uma boate chamada Velvet Haven. O rei mutante dos Sidhe, Bran, vai até lá procurando seu irmão, Carden, que está enredado em uma maldição secular.
Ele procura por Mairi, uma mulher mortal com uma aura incomum, para obter ajuda. Ele normalmente só usa humanos para o prazer sexual, a fim de restaurar sua energia mágica, mas as curvas exuberantes de Mairi e carícias  provocante o inflamam como nenhuma Sidhe nunca o provocou. Ele não tem ideia de que a mulher por quem está se apaixonando detém a chave para a sua destruição ou a sua salvação.


Á Primeira Vista...

À Primeira Vista Bran a sentiu antes de vê-la.

Uma mulher de longos cabelos negros se aproximou, e ele lutou para fingir indiferença. A faixa branca brilhante de sua aura teceu o seu caminho até ele. Através da janela ela veio chamando sua magia adiante, chamando-o. Ela era forte, mas havia lá uma vulnerabilidade também que o fascinou, que o fez com que quisesse explorá-la. E ela estava apaixonada. Ele sentiu o desejo, o desejo de prazer. A dor pelo sexo. Ela o queria, mas ela iria lutar contra ele, faze-lo trabalhar para convencê-la a aceitá-lo. Havia algo tão cru primitivo sobre ela, se pudesse fazê-la se submeter a Ele, ele sentia que poderia sobreviver  desta  energia por anos. Branco significa equilíbrio perfeito.
Ele provavelmente deveria temê-la, mas ele estava atraído por ela, para ela. De repente, ele não queria nada mais do que tomar todo o prazer dela dentro de seu corpo e convertê-la em magia.
Sim, esta mulher mortal lhe daria grande poder. Esta noite.

Nenhum comentário:

Postar um comentário